como escrever um e-mail?

E-mail corporativo: como escrever um bom

Acompanhe 6 dicas para você escrever o melhor e-mail corporativo:

  1.  Escreva com um assunto que chame a atenção e seja rápido
  2. Pense em um tom de voz da marca, sem esquecer do seu tom de voz
  3. Escreva o e-mail pensando na pessoa colaboradora como parte da conversa
  4. Escreva um e-mail preciso e direto
  5. Fique de olho na gramática
  6. Use o spark talent para criar campanhas incríveis

 Escrever e-mails corporativos é uma questão que afeta vários profissionais de Recursos Humanos. Parece simples, mas não é. Isso porque, além de comunicar algo relevante, o e-mail é uma forma de criar um ótimo relacionamento e expressar o tom de voz da empresa. 

Portanto, se o profissional passar uma mensagem ruim ou escrever errado, vai afetar como a pessoa colaboradora olha para a empresa. Por isso, criamos este blogpost para mostrar como criar e escrever o melhor e-mail para a jornada do seu colaborador.

Então, vem com a gente =D

 

1.Escreva o e-mail com um assunto que chame a atenção

Muitos profissionais de comunicação interna não se atentam com o título ou assunto do e-mail, pensando que é obrigação da pessoa colaboradora lê-lo. Porém, temos que pensar que com um título agradável e curioso, é mais fácil dela ler com atenção o nosso recado, poupando que tenhamos que repeti-lo várias vezes.

Portanto, escrever um título curioso e direto faz com que o leitor seja fisgado, tornando o material atraente. Os e-mails do Google e Yahoo mostram os primeiros 55 caracteres do e-mail, quando ele está sendo visto no computador. Já  em um smartphone, são 47 caracteres.

 Outro ponto é que palavras como, por exemplo: “urgência”, “atenção” e “ prioridade”, devem ser usadas com cautela.

Lembre-se:  a pessoa colaboradora tem que ter certeza que aquela mensagem é importante e urgente.

 

2.Escreva o e-mail com um tom de voz corporativo, sem esquecer o seu tom de voz

Parece confuso o título, mas, muita calma nessa hora. O texto do e-mail deve trazer um tom pessoal. Então, o discurso tem de ser como se o leitor estivesse conversando com um amigo. Por isso, além do tom de voz da empresa, é importante trazer alguns pontos pessoais.

Por exemplo, se todos estão acostumados com alguma gíria ou expressão que você usa em um momento de descontração, utilize-a no e-mail. É importante que a pessoa colaboradora acredite, de verdade, que é você quem escreveu aquilo para ela.

Confira 6 motivos para ter uma plataforma de CRM

 

3.Escreva o e-mail corporativo pensando na pessoa colaboradora como parte da conversa

Mas você não acabou de dizer que era para eu contar uma história com o meu tom de voz?

Sim, é verdade. Contudo, quando falo para o leitor fazer parte da narrativa, pense em escrever um e-mail corporativo interativo, usando a segunda pessoa em diversos momentos.

Por exemplo:

  • Coloque questionamentos sobre o que a pessoa colaboradora acha ou pensa; 
  • Conclua o e-mail com, “espero você na próxima”, ou frases parecidas ;
  •  Quando for pedir para preencher um formulário, use  frases como, “agora, para você preencher, clique aqui”. Tais expressões e muitas outras trazem a sensação de que o texto está sendo escrito especialmente para a pessoa colaboradora.

4.Escreva um e-mail preciso e direto

Apesar de ser importante interagir com o leitor, também é fundamental que o e-mail seja preciso e direto. Lembre-se que a pessoa colaboradora está lendo, mas tem várias coisas para fazer e produzir. Por isso, tente escrever um e-mail descontraído, mas de maneira curta e direta.

Outro ponto é ter a certeza de que você está respondendo aquilo que foi perguntado. Se mandar um e-mail sobre o novo vale alimentação, precisa estar lá o formulário para a pessoa colaboradora pedir o seu. Também é importante hiperlinkar, facilitando que o leitor acesse o formulário, vídeo ou o que você quer enviar.

 

5.Fique de olho na gramática

 Para que a pessoa colaboradora confie no que está recebendo é fundamental que o e-mail seja escrito de maneira limpa e correta. Revise o texto quantas vezes forem necessárias e sempre peça para outra pessoa ler. 

Com isso, além de revisar gramaticalmente, um terceiro olhar pode ver se você está repetindo palavras, se tem algo que não ficou claro ou objetivo. Assim, o seu e-mail vai ser muito mais atrativo. 

 

6. Use o spark talent para criar campanhas de e-mail incríveis

Com a plataforma da Matchbox pensada 100% para o RH, você cria campanhas de e-mail com mensagens personalizadas. Além disso, você automatiza as publicações de maneira fluida e humana.

Além disso, no spark talent, as campanhas podem ser disparadas para a base completa de colaboradores ou por segmentações. Assim, se houver um e-mail direcionado para  o seu time ce vendas, você poderá criar um conteúdo mais criativo e atrativo.

 

Escreva um bom e-mail corporativo com o spark

Postado em

5 de outubro de 2022

Compartilhe

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

Assine nossa newsletter

Você pode gostar também:

Crie sua conta grátis no Spark

Cadastre-se agora mesmo

você é uma pessoa candidata?
Acesse a nossa central de dúvidas aqui